sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Andebol Antevisão - Madeira Sad vs ABC Braga - O regresso de Luis Bogas, lateral do ABC


Luís Bogas: “Quero regressar com uma vitória”

Depois da paragem no campeonato, o ABC regressa à competição na Madeira. Quase um mês e meio depois, Madeira SAD e ABC de Braga discutem a 18ª jornada, no Sábado, às 17h00, no pavilhão do Funchal.

O mês de Fevereiro é decisivo para o apuramento para a Fase Final. Restam cinco jogos que serão “cinco finais”. De regresso ao campeonato está o nosso capitão Luís Bogas. Em regresso e em estreia. O lateral não joga desde o final da época passada, a 21 de Maio de 2011.

Quase nove meses depois, o tão aguardado regresso: “É sempre difícil estar parado. Foi muito tempo, mas estou feliz por poder jogar. Tenho-me sentido muito bem nos treinos e nos jogos treinos, mas é diferente da competição. Mas, sinto-me integrado na equipa e na nova metodologia de jogo”.

Luís Bogas é o reforço que a nossa equipa esperava e vê um ABC “muito motivado”. Sobre a tão prolongada paragem no campeonato entre final de Dezembro e Fevereiro, o nosso capitão não tem dúvidas: “Só nos pode fazer bem. A primeira Fase até Dezembro correu-nos mal, mas eu estou confiante que vamos recuperar e vamos melhorar agora”.

O ABC está em 6º lugar, em cima da linha do apuramento para a Fase Final. “Temos cinco finais e temos que ganhar para assegurarmos o nosso lugar. Não estou preocupado, estou confiante. Por exemplo, uma vitória na Madeira deixa-nos com pé e meio na Fase Final”, afirma Luís Bogas.

Na 1ª Volta, o ABC recebeu e venceu o Madeira SAD por esclarecedores 35 – 26, numa das melhores exibições da época, mas o nosso lateral esquerdo acredita que o jogo de sábado será muito diferente: “Vai ser mais complicado. Eles estão mais confiantes, têm feito bons resultados e é sempre difícil jogar na Madeira”.

Psicologicamente “sempre bem”, Luís Bogas ultima com a equipa a forma física, índices que só o tempo recuperará. Para já, admite as saudades de competir: “Sinto muita falta do jogo, daquela emoção e adrenalina do jogo”.

Com tão demorada ausência, o capitão Luís Bogas teve tempo de sonhar e idealizar o regresso, mas é com os pés bem assentes na terra que responde, sem mais delongas: “Quero regressar com uma vitória. Nada mais. Jogue muito, pouco ou nada, o que eu quero é uma vitória.

Sem comentários:

Publicar um comentário