quinta-feira, 12 de abril de 2007

Andebol - 1ºJogo - Emoção e incerteza até ao fim

Tal como previ ontem, a emoção e a incerteza dos resultados vão andar de mãos dadas até ao fim, tal é o empenho e a luta aplicada em jogo por cada equipa. Ontem, para glaudio de todos os amantes da modalidade, assistiu-se a grandes confrontos, que tiveram de ser resolvidos através de prolongamentos e outros através da marcação de livres de 7 metros. Logo á noite (21h) teremos mais 1 jogo que concerteza não fugirá a toda esta emoção.
Viva o andebol em toda a sua plenitude…e haja coração para resistir a este belo espectaculo que todos nós amamos.
Breves crónicas dos jogos ontem realizados:
Sporting 24 - Benfica 27
O Benfica deu nesta quarta-feira um grande passo para atingir as meias-finais da Liga de andebol, ao ganhar ao Sporting por 27-24, em jogo a contar para os quartos-de-final dos play-off da Liga de andebol. A partida, que teve de ser resolvida após prolongamento, foi disputada no Pavilhão do Casal Vistoso, casa emprestada do Sporting.
A segunda mão desta eliminatória vai ser disputada no próximo sábado em território encarnado, no pavilhão EDP, e caso o Benfica vença, tem passagem garantida para as meias-finais da competição.
Fonte: Sportugal.pt
Aguas Santas 20 Madeira Sad 19
O Águas Santas obteve nesta quarta-feira um precioso triunfo no primeiro encontro dos quartos-de-final do play-off do campeonato de andebol. Ao intervalo os maiatos venciam por 13-10, contudo, mas o Madeira SAD conseguiu sempre reduzir a desvantagem para um golo de diferença durante a segunda parte do jogo.
Uma excelente exibição do guarda-redes Sérgio Morgado acabou por ditar o vencedor do encontro.
Fonte: Sportugal.pt
ABC 39 Belenenses 38
Um livre de sete metros defendido por Carlos Ferreira permitiu ao ABC vencer o Belenenses por 39-38, no primeiro encontro dos quartos-de-final do "playoff" da Liga, disputado no Pavilhão Flávio Sá Leite, em Braga.Num jogo verdadeiramente épico, que se iniciou às 21:00 e terminou mais de duas horas depois, e que teimosamente se mantinha empatado em cada um dos seus vários períodos, só ao 22.º livre de sete metros ficou decidido o resultado, com vantagem para o conjunto bracarense. Depois de uma igualdade (29-29) no final do tempo regulamentar, registou-se novo empate (31-31) na primeira parte do prolongamento e um outro no final do mesmo (33-33).
Seguindo-se o que determinam os regulamentos, iniciou-se, então, uma série de cinco livres de sete metros, mas também aí as equipas terminaram empatadas, uma vez que sempre que uma desperdiçava um castigo máximo, a outra não fazia melhor. Na primeira série, apenas Dário Andrade, Hugo Rocha e Fábio Magalhães marcaram pelo ABC, o mesmo acontecendo com Pedro Neto, Tiago Fonseca e Ivan Dias para o Belenenses. O resultado estava então em 36-36, com as equipas a sujeitaram- se a novas séries - agora apenas de um remate - de livres de sete metros, e foram precisas seis para se decidir o vencedor deste grande emocionante espectáculo de andebol. Na última série, e já com mais de duas horas de andebol, Carlos Matos converteu o livre de sete metros, enquanto Ivan Dias permitiu a defesa do guarda-redes Carlos Ferreira, ficando assim decidido que o vencedor do encontro era o conjunto orientado por Jorge Rito.
Fonte: Record.pt

Sem comentários:

Publicar um comentário